Skip to content

Bobos

26 março, 2008

crianca-7.jpgEstava eu viajando nos meus problemas, lendo minha revista, praticamente em outro mundo, dentro daquele T5 demorado e cheio. Aí notei uma movimentação ali por perto e reparei: metade do ônibus estava com aquele olhar retardado ao redor de dois bebês. Os meninos, mais ou menos de uns 6, 7 meses, Gabriel e Rafael, eram alvos de bilu bilus e guti gutis coletivos, além daqueles sorrisos bobos de quem quer fazer uma criança pequena rir.

As mães dos dois conversando: “ele ainda mama no peito?”, “mas já come papinha, né?”, “e os dentinhos, já vieram?”. Com bebês, de repente, o assunto mais importante do mundo passa a ser a cor do cocô. Interessante como a gente fica abobalhado do lado das crianças. Mas é tão bacana. Fazer papel de boba com minha prima de um ano me faz bem, e sei que não é só comigo que isso acontece. Meu pai fica bobo, meu namorado fica bobo, meu irmão. Os três grandões, de mais de um e oitenta, que sustentam a pose até chegar perto de um bebê. Tudo babando. Até meu avô, das antigas, ficava bobo. Quando tinha criança perto era quando eu mais via ele rir. Ele que ria tão pouco nos últimos anos.

Acho que criança faz bem.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. 26 março, 2008 18:19

    Ah, eu nem fico tão bobo assim.

    Ai, que guti-guti essa foto…bilu-bilu-bilu
    ;D

  2. 26 março, 2008 22:04

    Mas o teu namorado é bobo…

  3. Isma permalink
    27 março, 2008 16:39

    “Acho que criança faz bem.”

    Sacou a indireta, namorado bobo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: