Skip to content

Lagartuuuuudos

6 abril, 2008

Chegar no teatro e descobrir que a gente não vai conseguir enxergar a peça não é nada legal. Nem passar a meia hora que ainda falta pra começar pensando em como mudar de lugar em um São Pedro cheio. A gente pensa até em desistir, esquecer que pagou pelo ingresso e ir embora.

Mas sempre se dá um jeito, e o que era um dos ingressos mais baratos acabou virando um dos melhores lugares. Sentamos na platéia ontem, e assistimos sem empecilhos o Bailei na Curva. Eu, pela segunda vez. O Alexandre pela primeira.

Eu não lembrava que era tão bom. Algum motivo tem que ter para estar comemorando 25 anos de peça, com um teatro lotado, em que mais ou menos a metade das pessoas presentes assistiu duas vezes ou mais.

Se perguntarem o gênero, é humor, sem dúvida. Mas o assunto é tão sério, e, incrivelmente, tratado com tanta seriedade e respeito, que o Bailei na Curva ultrapassa qualquer classificação. Rindo o tempo todo, conseguimos absorver o que foram os anos 60 e 70 em Porto Alegre. Com leveza e profundidade.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 6 abril, 2008 22:14

    Bah.
    Quase bailei no camarote central. Quase bailamos, na verdade.
    Valeu por ter ido comigo 😀

  2. 7 abril, 2008 20:22

    Cara.
    Bailei na Curva é muito bom.
    Eu queria ter ido ver de novo. Até tava disposto a pagar a pagar por isso. Mas o que não ajudou dessa vez foi meu horário de trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: