Skip to content

Relíquia bizarra

28 novembro, 2008

Um advogado boliviano chamado Reynaldo Peters guarda uma relíquia bizarra – mas que dá uma idéia da dificuldade por que passavam – dos anos de chumbo bolivianos (o ditador era Hugo Banzer): “uma tira de papel higiênico onde rascunhou um pedido de habeas corpus. Escreveu com uma pena e usou tinta derretida de uma carga esferográfica seca, encontrada no canto da cela”. Ele foi preso em 1972.

A informação é da revista Carta Capital.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: