Skip to content

Cercada

15 março, 2009

Da revista IstoÉ dessa semana, sobre Yeda e seus podres, assinado por Luiza Villaméa:

Em volta dela, movimenta-se uma máquina que parece mais interessada em cozinhá-la em fogo brando do que esclarecer definitivamente os fatos. Seu vice, por exemplo, já alardeou possuir fitas do escândalo, que vieram a público apenas em pequenos fragmentos. O PSOL diz que viu gravações que o Ministério Público não apresenta. E o lobista, depois da delação premiada, saiu de cena. Cercada por todos os lados, a governadora faria melhor se recorresse à mais óbvia arma dos inocentes: a transparência. A não ser que…

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: