Skip to content

“Uma baita chinelagem” – agora admitida

8 outubro, 2009

Os gastos com a reforma da casa da casa onde a governadora Yeda mora com a família, sua propriedade privada, chegaram a R$ 100 mil, pagos com dinheiro público.

“Em nota emitida a noite, o governo do Estado diz conhecer o uso do dinheiro público na reforma da mansão e afirmou que é legal. Segundo o texto, bens e serviços podem ser adquiridos para o local em que o governador mora. No final do mandato, os bens deverão ser restituídos ou indenizados ao Estado.” (Diário Gauche)

Imagino que eles realmente pretendiam indenizar o Estado, evidentemente. Ou entregar a casa para o povo (o lar que, segundo a governadora, foi violentado pelo CPERS), já que ela também está sob suspeita.

Ainda segundo o Diário Gauche, “a governadora do Rio Grande do Sul é portadora de uma personalidade lúmpen, que rapina, se aproveita, tira vantagens e mistura a sua própria casa familial com o Tesouro público. 

No popular: – Uma baita chinelagem!

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 9 outubro, 2009 15:45

    Quando a galera vai lá pra frente da casa protestar, tá confundindo o público com o privado, quando ela quer trocar o piso a casa faz parte da adm estudual. Oká.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: